Notícias

Be a Boss

A tualmente um curso superior já não é suficiente para atingir posições de chefia. Para tal são necessárias inúmeras qualidades e características capazes de se destacar na realidade empresarial. Deste modo, a “FEP First Connection” criou o “Be a BOSS” com o propósito de ajudar os estudantes de toda a academia a encontrar um passaporte para altos cargos, sensibilizando-os para as valências necessárias. O primeiro dia estará sujeito ao tema “Think Like a BOSS” e decorrerá no UPTEC ao longo de todo o dia 17 de Março. Terá como objectivo trabalhar a forma de estar e pensar através de formações como “Negociação e Como Influenciar Decisões”,”Be Motivated Like a Boss”, “Depressão ao Longo do Ciclo Vital e Psicologia da Depressão” e “ A Forma Como os Alimentos Afetam as Nossas Emoções”. A segunda parte do evento, o “Look Like a BOSS”, terá lugar na Marques Soares, nos dias 19 e 20 de março. Terá como foco trabalhar uma imagem apropriada e atrativa ao tecido empresarial. A “Formação de Consultoria de Imagem para Homem e Mulher” decorrerá dia 19, enquanto as formações “Cabelo Profissional – L`Oreal Professionnel”,

“Formação de Maquilhagem” e “Workshop de Currículo + Sessão Fotográfica” realizar-se-ão no dia 20. Por fim, o “Be a BOSS”, consiste numa “live experience” com a Adidas de modo a proporcionar ao estudante a experiência real de um típico dia de trabalho. A missão deste novo programa passa pôr proporcionar ações de formação e “workshops” com formadores de diferentes áreas, procurando promover a interação dos estudantes com a realidade empresarial. À semelhança de outros eventos realizados pela “FEP First Connection”, este evento pretende desenvolver as “soft skills” dos estudantes levando--os a adquirir o “know-how” necessário para uma posição de chefia. Para te inscreveres no “Be a BOSS” terás que indicar as formações/ “workshops” em que pretendes participar, sendo que os custos de inscrição dependem da formação escolhida. Caso pretendas participar no último dia, “Be a BOSS”, terás que estar inscrito em pelo menos quatro formações/ ”workshops” e enviar o currículo para beaboss@firstconnection.pt.

Raquel Moutinho - FFC

Madrid Business Trip

CCom um mundo cada vez mais globalizado e, consequentemente, com uma crescente facilidade de mobilidade do fator trabalho, surge a necessidade de mostrar aos futuros trabalhadores - atuais estudantes - as condições que lhes serão oferecidas para lá do ambiente nacional. Para que possam ter uma visão transparente das suas possibilidades futuras, não há melhor método do que conhecer “in loco” as condições oferecidas em diferentes empresas sediadas em diferentes cidades. E é com esse mesmo intuito que a FFC teve o prazer, no ano passado, de criar as “International Business Trips (IBT)”. Tendo como objetivo dar uma visão geral do mercado de trabalho internacional, estas viagens visam dar a conhecer, todos os anos, uma cidade diferente aos estudantes, começando por aquelas que nos estão mais próximas e cuja barreira linguística é mais fácil de superar: as grandes cidades do nosso país vizinho, Espanha. A primeira edição, realizada em 2017, focou-se em Barcelona e teve uma enorme adesão por parte dos estudantes, o que assegurou a sustentabilidade do projeto e incentivou a sua continuação. E é este incentivo que nos leva a organizar a 2ª edição das IBT que decorre em Madrid, nos dias 28 de fevereiro, 1 e 2 de março. Madrid é uma grande metrópole, a maior da Península Ibérica. Alberga um elevado número de empresas, de várias dimensões e sectores distintos, oferecendo assim um variadíssimo leque de carreiras profissionais.

Não obstante, o “modus operandi” das empresas madrilenas é diferente do das empresas portuguesas devido às diferenças culturais que, ainda que não sejam assim tão acentuadas, são visíveis. Esta questão será certamente mencionada em todas as visitas realizadas pois é o que diverge das empresas com que estamos mais habituados a lidar, isto é, empresas sediadas em Portugal. No primeiro dia, 28 de fevereiro, serão visitadas as instalações do Banco Santander Totta - grupo bancário liderado pelo Banco Santander S.A., o maior banco da zona euro -, e as instalações da Designit - empresa dinamarquesa dedicada ao design que opera no mercado global.

No segundo dia, 1 de março, os estudantes terão a oportunidade de visitar a IBM que constitui a maior empresa da área de informática do mundo. Esta edição da IBT termina no dia 2 de março com a visita às instalações da Google, empresa multinacional de software e serviços online. Se estás interessado em expandir horizontes e conhecer empresas multinacionais com sede em Espanha, conhecer a sua cultura e de que maneira divergem os seus métodos e o dia-a-dia das empresas portuguesas, esta é a atividade certa para ti.

FFC

Pitching Talent: a desenvolver a nova geração de profissionais

Hoje em dia o mercado de trabalho carece cada vez mais de um novo tipo de profissionais, profissionais capazes de atender aos desafios do mundo moderno de forma cada vez mais expedita e com capacidade de agir e de dar um passo em frente. Foi com base nesta realidade que a FEP First Connection desenvolveu o Pitching Talent: queremos formar estudantes para se destacarem no tecido empresarial. No dia 0 ou “Ready”, cada um dos cerca de 70 participantes teve a oportunidade de realizar um pitch pessoal de um minuto para 6 empresas: Delloite, Calzedonia, KPMG, Hays, SONAE e Vodafone. Destas recebemos um feedback bastante positivo, destacando-se o facto de o evento estar bem organizado e de os participantes serem muito qualificados. Realçaram também a importância do evento para o crescimento a nível empresarial e profissional dos estudantes da Universidade do Porto. Terminado este dia foram selecionados os 50 melhores pitch, passando estes participantes para a fase seguinte. No “Set”, os estudantes tiveram um dia repleto de formações de modo a melhorarem não só os seus Pitch como também outros aspetos cada vez mais valorizados no mercado de trabalho, tais como o discurso lógico e estruturado, a capacidade de síntese e a comunicação não-verbal. O dia começou com uma formação em “CV criativo” no qual os participantes tiveram a oportunidade de aprender técnicas de aperfeiçoamento desta ferramenta. Seguiu-se um workshop em “Como fazer o meu Pitch?” muito útil para a realização de uma progressão da 1.ª à 3.ª fase do evento. Na parte de tarde, os estudantes tiveram oportunidade de conhecer mais sobre algumas estratégias de Marketing Pessoal & Imagem Profissional e Técnicas de Comunicação.

Para finalizar o dia, tiveram também a possibilidade de aprender algumas formas de gerir o seu tempo e o stress, com uma formação bastante interativa acerca deste tema. Por fim, o “Pitch” foi o último dia deste evento. As formações que tiverem permitiram aos participantes demonst rar uma grande evolução face ao primeiro dia. O facto de poderem realizar o seu pitch, agora de dois minutos, e de poderem conversar durante três minutos com empresas reconhecidas, permitiu-lhes desenvolver capacidades essenciais para “speed recruitments”. Trata-se de eventos nos quais o candidato dispõe de um tempo limitado para se dar a conhecer e convencer uma empresa de que possui o perfil ideal. No que toca às empresas, o feedback não se focou só no facto de poderem conhecer melhor a geração que se aproxima da entrada no mercado de trabalho, mas também de conhecer aquela que está agora a entrar no ensino superior, quais as suas expectativas e motivações.

No final do dia, na cerimónia de encerramento, foram distribuídos os diplomas aos dez melhores concorrentes: Ricardo Faria, Diana Roque, André Silva, Inês Guimarães, Filipe Sousa, Sofia Canada, Francisca Albuquerque, Sara Cunha, Cláudia Teixeira e Filipa Tavares. Seguiu-se um jantar de networking entre os vencedores e as empresas presentes no evento.

Cristiana Fernandes e Sara Sá - FFC